4 razões para um despachante ter um cadastro de clientes completo

A maioria das pessoas que já precisou enfrentar alguma situação envolvendo documentos, órgãos públicos e trâmites burocráticos sabe o quão desgastante essas ocorrências podem ser. Por isso, cedo ou tarde, é comum buscar os serviços de um despachante

Embora exista uma demanda praticamente certa, muitos despachantes não sabem os reais motivos que levam sua clientela à buscá-los. Além disso, poucos escritórios contam com uma ferramenta capaz de estabelecer um relacionamento com seus clientes, fazendo com que eles sempre procurem os seus serviços.

O cadastro de clientes é uma ferramenta importante, especialmente na hora de melhorar as vendas dos seus serviços como despachante. No entanto, ele é comumente deixado de lado.

Se você é despachante e ainda não possui um cadastro de clientes, confira algumas razões para você adotar essa ferramenta para o seu negócio!

1. Avisar seus clientes sobre novidades

A principal função de um cadastro de clientes é mantê-los informados sobre serviços que possam ser do seu interesse. Esse cadastro também é uma forma do despachante colher opiniões sobre a sua empresa e atendimento. 

Com as constantes mudanças na legislação e nos procedimentos burocráticos, muitos clientes desconhecem aquilo que precisam se adequar, bem como documentos que precisam obter. Como despachante, seu dever é informá-los, chamando a atenção para os serviços que você presta e que podem ajudá-los.

Sempre que existirem novidades sobre procedimentos relativos a documentos e regularizações, você deve utilizar seu cadastro de clientes. 

2. Estabelecer relações de gentileza e confiança

Mandar uma mensagem no aniversário, em datas especiais, ou ainda, quando um cliente precisa renovar um documento, demonstra atenção e interesse. Esse tipo de atitude estabelece um vínculo de confiança e também demonstra gentileza com seu cliente, fazendo com que ele se sinta bem e acabe procurando seus serviços em detrimento da concorrência.

Usar o cadastro de clientes para mandar essas mensagens estratégicas, pode ser uma ótima forma de fidelizar e fazer com que o seu cliente não busque a concorrência.

3. Ofereça serviços complementares

Um cliente que acabou de renovar sua carteira de motorista pode precisar de auxílio no parcelamento do IPVA. Da mesma forma, quem acabou abriu uma empresa pode necessitar de assistência na hora de conseguir o alvará de funcionamento. Nessas duas situações, você como despachante pode oferecer seus serviços complementares como forma de ajudar os clientes, mas você só saberá se eles estão necessitando de ajuda se tiver um cadastro completo. 

4. Ter uma comunicação eficiente

Um bom cadastro de clientes pressupõe um bom formulário. Alguns despachantes, assim como diversas empresas, acabam registrando uma série de dados do cliente que não possuem nenhuma funcionalidade.

Ao montar seu formulário, certifique-se de que você tem os dados necessários e procure sempre ser o mais conciso possível.

Em geral, o despachante só precisa do nome, telefone, data de aniversário e e-mail. Hoje, como a maioria da comunicação das empresas é feita pelo meio eletrônico, não existe a necessidade de anotar o endereço, por exemplo.

Alguns softwares já contam com formulários prontos, que permitem, em um clique, a localização de dados de forma muito simples, além da automatização de toda a comunicação com a base de clientes.

Como vimos, o cadastro de clientes pode trazer bons resultados para o seu escritório de despachante, e sem dúvidas, um dos melhores benefícios ao adotá-lo é o aumento do potencial de vendas.  

Você já pensou em manter um cadastro de clientes automatizado? Sabe o que uma solução integrada pode proporcionar para o seu escritório de despachante? Escreva pra gente pelos comentários e até a próxima. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *