Vistoria eletrônica começa a consolidar a transformação digital do setor

Parece que agora vai… A transformação digital dá sinais de que, enfim, está chegando pra valer. E está acontecendo justamente no lugar de onde menos se esperava algo do tipo: o setor governamental. Conheça um pouco mais sobre a vistoria eletrônica e suas vantagens.

Os Detrans de todo o país, como parte de um planejamento estratégico, intensificaram os testes da vistoria eletrônica. Tudo indica que em 2020 a tecnologia seja disseminada, com objetivo de modernizar as atividades do órgão e das empresas credenciadas.

Desde 2015 o Detran do Paraná já oferece este tipo de serviço, mas 2019 parece ter sido o ano em que o serviço realmente “vingou” em nível nacional. São diversos os programas pilotos.

Só para citar alguns, o Detran da Bahia aderiu ao serviço no início do ano. Já em outubro de 2019 foi a vez de Minas Gerais. Em dezembro foi o Detran de Roraima que aderiu à tecnologia.

O que todos têm em comum é que, inicialmente, o serviço é oferecido de forma restrita, geralmente em um único local na capital do Estado. Apenas em um segundo momento a novidade se espalha pelo interior, depois de feitos os ajustes necessários.

Como funciona a vistoria eletrônica

Cada Detran desenvolve seu próprio sistema de vistoria eletrônica, mas os objetivos e a forma de funcionamento, em geral, são os mesmos.

Relembrando:  vistoria veicular é o ato de avaliar a legitimidade da propriedade de um veículo e assegurar a autenticidade da sua documentação, além de certificar a segurança dos equipamentos.

Em comum, todos eles garantem mais segurança e agilidade para usuários, despachantes e vistoriadores. O procedimento é bastante simplificado:

  • Ao chegar com o veículo para vistoria no Detran ou despachante credenciado, o proprietário do veículo irá se deparar com um método muito mais prático de vistoria.
  • Ela é realizada através de um smartphone que possui um aplicativo.
  • O vistoriador seleciona a finalidade da vistoria, insere os dados do veículo e faz as fotos obrigatórias.
  • Ele também pode inserir fotos adicionais e observações sobre o veículo, como avarias, para que constem no processo.
  • As imagens e informações captadas são enviadas para o sistema do Detran, com validação e laudo automáticos.

Alguns Detrans já começam também a trabalhar em uma nova fase da tecnologia, que permitirá ao proprietário do veículo consultar os laudos de vistoria através da internet.

Todo o procedimento é um grande passo na direção da acessibilidade e da transparência das informações.

Tecnologia reduz drasticamente a possibilidade de fraudes

A procedência de um veículo, seja carro ou motocicleta, é sempre uma preocupação dos usuários.

Neste sentido, a vistoria eletrônica traz mais segurança, possibilitando a rápida identificação da procedência ao mesmo tempo em que inibe novas tentativas de fraude.

Com as fotos captadas por um smartphone comum é possível identificar alterações nas características do veículo. Também é possível verificar se houve adulteração de motor, chassi e até mesmo da quilometragem.

Com o tempo, a ideia é não apenas identificar, mas com a disseminação do serviço, inibir tentativas de fraudes.

Com a consolidação da vistoria eletrônica, será impossível ter um laudo falso na transferência.

O laudo obtido através do processo eletrônica é uma garantia de que o processo foi feito rigorosamente dentro das normas

A tecnologia também permite a integridade das informações. Os dados são armazenados em nuvem, integrados ao sistema do Detran, contando com as mesmas ferramentas de segurança.

Como era feita a vistoria antes

Antes da tecnologia oferecida pela vistoria eletrônica, e como ainda tem sido feito na maioria dos casos, o serviço de vistoria era manual.

Para a identificação do veículo era necessário extrair o decalque do número do chassis e do motor. Isso era feito com papel e lápis.

O problema é que, por ser tão rudimentar, o procedimento abre brechas para que o decalque possa ser retirado em qualquer outro local e levado ao Detran ou despachante.

Isso acaba possibilitando tanto que a fila seja “furada” quanto que a documentação do veículo seja adulterada.

Além disso, em muitos casos não havia o registro da quilometragem do veículo, pois o mesmo não era obrigatório.

Como fica com a vistoria eletrônica

Resumidamente, a otimização gerada pela digitalização dos sistemas de vistoria garante muito mais eficiência.

A vistoria eletrônica é feita por meio de um aplicativo com diversos recursos de segurança.

Os que já estão em operação contam com controle de localização. Ou seja: o sistema obriga que o veículo de fato esteja no pátio ou galpão de vistoria para avaliação.

Mesmo que seja feita off-line, a vistoria necessita do envio ao Detran de fotos das marcações do chassi e do motor e também de uma foto do veículo no local da vistoria, para comprovar sua presença.

Alguns sistemas também são programados para só operarem no horário de serviço do pátio de vistoria.

A foto do odômetro agora também é obrigatória, registando a quilometragem do veículo.

Por que a transformação digital é tendência

Já está claro por que a vistoria eletrônica é o meio mais seguro e eficiente de registrar as informações de um veículo.

Mas a transformação digital como um todo traz inúmeras outras vantagens, tão interessantes que tornam a adaptação inevitável e urgente.

Os usuários já perceberam isso, e estão exigindo as mesmas comodidades onde quer que estejam:

  • economia de papel;
  • redução do tempo de espera;
  • facilidade de armazenamento e busca de informações;
  • praticidade nos procedimentos de segurança;
  • agilidade na geração de documentos.

A automatização dos processos do governo visa a beneficiar principalmente o usuário, desburocratizando os serviços.

Mas você, despachante, já reparou como procedimentos como este também facilitam o seu trabalho?

Pois saiba que existem outros sistema para organizar e controlar seu escritório com mais segurança e maior produtividade.

É o caso do sistema de gestão SGD, desenvolvido exclusivamente para despachantes. Se você se interessou pelas vantagens da vistoria eletrônica, ficará ainda mais impressionado com tudo o que o SGD tem a oferecer.

Saiba mais aqui.

 

ebook qualidade no atendimento